Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese



ONLINE
1




Partilhe este Site...

srthtrh 

 drtyudtyu

 


Apresentação

 

dtdyjdtyuyd

Podemos considerar que o surgimento dos restaurantes modernos decorreu na França do século XVIII, durante o período da revolução francesa. Foi em 1765 que Boulanger, um vendedor de sopas parisiense, abriu uma loja em que afixou na porta uma tabuleta que dizia “Boulanger serve restaurantes preparados para os deuses”.


No caso específico, a palavra restaurante fazia menção às sopas oferecidas naquele estabelecimento (que serviam para restaurar a energia dos clientes), mas foi esse o nome que passou a caracterizar todos os estabelecimentos que surgiram na França naquele período e revolucionaram o serviço de alimentos e bebidas em todo o mundo. 

Alguns fatores foram essenciais para o surgimento dos restaurantes na França do século XVIII. Em primeiro lugar, a liberdade e a igualdade trazidos pela revolução fizeram com que o cidadão comum passasse a ter direito de abrir seu próprio negócio. Além disso, havia cada vez mais clientes disponíveis a pagar por uma alimentação fora de sua casa.
 
Restaurando sua energia, SALUTE (No Coração do Jardim Paulista) sua melhor opção de preço e qualidade. Pista Livre, Pista Peso, Marmita ou Marmitex.
 
 

fdfgfg    fvv 

COMO ERA                                      COMO FOI

 

 

FDHTSFYSFYT

                                                              COMO ESTÁ
 

 
Rua Camilo de Mattos, 1.721  Jardim Paulista   Ribeirão Preto - SP
Telefones: (16) 3627 0434 / 3624 0347  Web: www.saluterestaurante.com.br
E-Mail's: saluterp@gmail.com/ salute@saluterestaurante.com.br

                                         

JKJHJH

                                                                     COMO CHEGAR

 
 
 
 
 
 
 

11

xfgjdfghfdgdkkh

gjyytiryt

fxgfgjj   

xfgjhgj

gfngdhj 

sfghfuj

fghfghfgh

xfgjngyj  

fgnhfghg

jytduiytd

 sfthtruuje

fhhtfsjh

ftgjhsfjh

sfhysfyhrsdtghrs

 

XFGHFGHGGH  

 

dhgxnfgxh